Sim, tem coisas boas!

1 comment
Basta procurar que as coisas boas, os 5%, aparecem. No último post divulguei uma história que recebi por e-mail, dos 5% que são bons. Foi um aluno que me enviou, o mesmo que comentou o post, logo abaixo. No seu comentário ele pede para que eu conte as coisas boas de ser professora. Fiquei pensando, porque eu sei, elas existem. Então pensei nos 5%. E antes de achar uma história, ou algumas, me passou pela cabeça que um garçon ganha 10% pra servir mesas, que os números são injustos. Pensei que isto deveria ser diferente. Mas como este não é um post para criticar, desabafar, vou contar sobre uma aluna, atleta da Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Um dia ela chegou pra mim e disse:

- Professora, adoro sua aula. Acho que tem tudo a ver com o que a gente passa no esporte.

Eu fiquei feliz porque entender minha aula de psicologia não é coisa assim, tão fácil. E eu sou exigente, monto uma prova complicada. Então, passado um tempo ela me manda um e-mail, falando sobre os problemas do time, que ela tinha dado algumas sugestões, que ela passou a entender melhor algumas coisas depois das aulas, que ela pretendia levar estes conhecimentos para a equipe. É gostoso saber que a gente influencia, faz diferença na vida das pessoas. Não fosse coisas deste tipo eu já estaria em outro lugar, com certeza!

1 comentários:

Anônimo disse...

Really amazing! Useful information. All the best.
»