Sexta-Feira

4 comments
Ontem, sexta-feira, dia de acordar cedo. Dia de ficar das 7:30 às 11:00hs em pé, na quadra. Depois eu iria calmamente até os correios, enviar o projeto de doutorado, a ficha de inscrição, o currículo, estas coisas. Sedex. Mais uma vez minha vida num pacote dos correios. Então às 7:29 encontro o coordenador. Vem logo me dizendo que depois da aula eu teria que ficar com os alunos no teatro porque eles iriam ensaiar a abertura da Semana de Educação Física. E eu me via deixando o almoço e minha vida para depois das 13.

Então eu estava lá, no teatro, sentada, olhando. Apenas olhando. Donos da situação, eles opinavam, debatiam, solucionavam. Mais uma vez eu me dei conta de que este modelo de ensino está errado, que o professor pouco ensina quando está falando sem parar, como um papagaio. São os alunos que devem ser os donos da situação. Devem debater. Pesquisar coisas para solucionar problemas. Tentar. E nós, professores, auxiliaríamos, colocaríamos novos problemas, instigaríamos novos debates para que cada aluno pudesse se envolver ao seu modo.

Eu, na quadra, de pé, falando "façam isso, façam aquilo", acaba sempre por me angustiar. Mas eu ali, sentada, olhando, ajudando vez ou outra (menos do que mais), colocava-me onde eu sempre quis estar como professora. Eu no lugar de objeto, meus alunos no lugar de sujeito, e não o contrário. Eles, donos da situação, que bonito de se ver. Então eu estou aqui para dizer que, sim, eu estarei lá no dia da abertura da Semana de Educação Física (vou acordar cedo e tudo mais) e, depois, para agradecê-los por fazerem parte da minha vida e também para dizer que dará tudo certo no final, principalmente pra quem merece.

4 comentários:

Soll disse...

tbm penso como vc! bjs

Letícia disse...

Estou aqui para deixar o meu depoimento!
Sou uma entre os alunos desse grupo que sabemos que não é um grupo comum, mas sim especial!
Estou aqui para dizer que não nos tornamos especias por acaso! Ou melhor, não nos tornamos sujeitos da situação por acaso! Se isso acontece, é porquê temos professores que nos valorizam, que acreditam na nossa capacidade, que sabem que os alunos são sim capazes de criar e construir conhecimento e coisas muito boas!

Letícia disse...

E é por isso que eu estou aqui!
Para agradecer aos meus professores Pedro Paulo e Fernanda!
Professores que, com um tratamento especial (porque existem também professores especias), valorizando-nos como sujeitos e proporcionando um aprendizado que acontece no entre (professor-aluno), fazem com que eu sinta uma vontade muito grande de sempre aprender mais, de pesquisar mais, de saber mais! Também para agradecer aos meus colegas de grupo: Camila, Cassiane, Flavinha, Marysa, Osvaldo, Serginho, Simone e Vanessa! Vocês são muito mais do que amigos, são companheiros com quem eu divido angústias e alegrias, emoções e aprendizado! Quero dizer que amo vocês (professores e alunos, AMIGOS) e que espero continuar sendo privilegiada e tê-los ao meu lado por toda a minha vida, pq vocês me ensinam muito!
Bjos,
Le.

camila disse...

Realmente estamos muito felizes com esse trabalho, agradecemos a oportunidade que você e o Pedro Paulo nos deram, e essas discussões que ocorrem no grupo é mto importnate para nosso crescimento mais isso só acontece pq vcs professores proporcionam essa situação para nós...Obrigado! ! !
O grupo é mto unido....acredito que por isso flui...