Educação Prostituída

1 comment
>Fecharam o Bahamas, o Café Millenium e eu, professora, me sinto mais prostituída do que nunca. Quem é que vai fechar as universidades de bosta? Se prostituir, por livre e espontânea vontade (se é que alguém se prostitui, de fato, por livre e espontânea vontade) não é crime. O crime, no Brasil, é incitar a prostituição. Quando fecharam o Bahamas, as garotas ficaram sem ter onde trabalhar e, querendo ficar longe das ruas, longe da Augusta, foram para o Café Millenium e para o Café Photo. Fecharam o Café Millenium e eu, professora, me sinto mais prostituída do que nunca. Quem é que vai fechar as universidades de bosta? Alegaram que no Café Millenium as meninas eram escravizadas, por isso foi fechado. Eu chego na sala dos professores e tem um bando de regras que me escravizam, um poder fora do comum sobre quem eu sou e, ainda, a alegação da demissão, que chega com um leve ar de “foda-se você!”. Pois é, e já que a universidade de bosta incita os professores a se prostituírem, a esconderem seus títulos de doutor, só me resta o Café Photo, cujo programa não sai menos que 500 reais. Opa, que belo upgrade no meu salário! É, me sinto mais prostituída do que nunca. E quero saber: quem é que vai dar um pontapé na educação de bosta e arrumar a casa?

1 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Boa pergunta...e voltarei para ler a resposta
jnh